Blog
Lixo Eletrônico
24
Jun
2019
Lixo eletrônico: o que é e onde descartar?

Lixo eletrônico: o que é e onde descartar?

Você sabe o que é lixo eletrônico e como ele é prejudicial para o meio ambiente? Até mesmo a saúde humana é colocada em risco quando esse tipo de material é descartado incorretamente.


Entenda o que é de fato o lixo eletrônico e porque, é tão importante descartá-lo corretamente.

 

O que é o lixo eletrônico


O lixo eletrônico pode ser considerado todo tipo de produto elétrico ou eletrônico com o qual o proprietário não tenha mais a intenção de utilizar.
 

De forma simplificada, é todo aparelho e dispositivo que possui circuitos ou componentes elétricos em sua constituição e que precise de baterias e pilhas para funcionar.
 

Vale lembrar que pilhas e baterias também não devem ser descartados junto ao lixo comum.
 


Vivemos cercados por esse tipo de material, já que é comum o uso de dispositivos móveis como auxiliares nas atividades do dia a dia e facilitadores da aquisição de informações.
 

 

Os computadores também garantem o seu espaço no cotidiano, sendo eles ferramenta de trabalho ou aparelhos de lazer.


O uso de aparelhos eletrônicos se tornou tão comum que questões como o sua composição ou a forma ideal para o descarte nem são analisadas mais.
 

Quais são os tipos de lixo eletrônico mais comum?


Podemos usar como exemplos de lixo eletrônico os aparelhos celulares, monitores de computador, baterias, televisores, notebooks e computadores em geral, impressoras, câmeras fotográficas entre outros.


Esses aparelhos devem ser descartados da forma correta para evitar problemas para o meio ambiente e para a saúde humana.


Isso porque para a montagem desses dispositivos são colocadas em seu interior algumas substâncias químicas que podem gerar problemas ambientais e de saúde.


Pense: quantos aparelhos eletrônicos você já teve ao longo de sua vida? Qual foi o método utilizado por você para descartá-los quando perderam a utilidade?


Caso você não se lembre, saiba que não está sozinho. O descarte de resíduos eletrônicos é feito de forma displicente e em vários casos, isso ocorre pois as pessoas não conhecem os malefícios trazidos por essa prática.


Confira a seguir quais são os prejuízos causados pelo descarte incorreto do lixo eletrônico.


Os problemas do descarte incorreto de lixo eletrônico
 

Cádmio, Chumbo, Mercúrio, Níquel, Lítio e várias outras substâncias tóxicas, além cancerígenas estão dentro dos aparelhos eletrônicos. Elas podem ser letais caso absorvidas por pessoas ou animais em grandes quantidades.
 

O relatório Global E-waste Monitor de 2017, realizado pela Universidade das Nações Unidas (UNU), em parceria com a International Telecommunication Union (ITU) e a Associação Internacional de Resíduos Sólidos, indica que o povo brasileiro gera, em média, 1,5 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano.
 

Essa média atribui cerca de 7,4 kg de lixo eletrônico por pessoa no ano.

De modo geral, quando um equipamento eletrônico começa a ficar mais lento, se mostra obsoleto, não tem peças para serem repostas ou tem algum defeito, é rapidamente descartado.

O descarte, porém, não pode ser realizado junto aos demais resíduos de sua casa, como o lixo orgânico ou reciclado. O lixo eletrônico requer um descarte diferenciado, não podendo ir para aterros sanitários ou ficar exposto ao ar livre.

O contato das substâncias com o solo causará a contaminação, deixando-o infértil. Caso chegue aos lençóis freáticos, a contaminação da água pode comprometer o abastecimento de toda uma região.

Solo contaminado. (Fonte: tslambiental)

A substância exposta pode entrar em contato direto com as pessoas que coletam o lixo, quando colocadas junto aos resíduos comuns. Esse contato oferece risco iminente à saúde pois a substância está concentrada em maior quantidade.


Por essas razões, é necessário saber como realizar o descarte correto deste tipo de material.

 

Como descartar corretamente o lixo eletrônico?

 

Para garantir que o seu lixo eletrônico não causará contaminações ao solo, causando danos ao meio ambiente e a saúde, ele deve ser descartado corretamente.

Nesse processo é importante entrar em contato com uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Assim você tem a garantia de que os produtos estarão sendo encaminhados para os locais corretos.
 

Embrulhar em papel ou plástico não faz diferença no grau de contaminação. A única garantia de descarte correto é o recolhimento através de empresas especializadas na coleta de lixo eletrônico.
 

A MG Recicla é uma empresa especializada no descarte de lixo eletrônico, realizando coletas gratuitas de todo tipo de resíduo eletroeletrônico. Basta preencher um formulário de contato que um especialista será encaminhado gratuitamente para recolher o resíduo.

Não corra o risco de contaminar o solo, prejudicar a natureza ou a saúde dos coletores. Faça o descarte com uma equipe especializada e certificada. Entre em contato.

 
MG Recicla

Comente essa publicação