Blog
Lixo Eletrônico
11
Jul
2019
Você sabe como descartar lixo eletrônico?

Você sabe como descartar lixo eletrônico?

O lixo orgânico, é toda matéria que possui origem biológica, como frutas, verdura, alimentos já cozidos, cascas e outros. Ele deve ser descartado da forma correta devido as suas particularidades
 

Praticar a coleta de forma seletiva separando cada tipo de lixo segundo as suas características é muito importante, já que a reutilização dos resíduos cria um estilo de vida mais sustentável.
 


 

Esse tipo de coleta tem como intuito diminuir a produção exacerbada de matéria-prima e proteger os recursos naturais.  
 


Já o descarte do lixo eletrônico, requer ainda mais cuidados para a manutenção e cuidado do meio ambiente. Isso porque esse tipo de material é altamente nocivo para as pessoas e para o meio ambiente. 
 


 

Dessa forma, há uma necessidade ainda maior do descarte eletrônico de forma correta. 
 

Continue a leitura deste post e confira quais são os materiais eletrônicos e como descartá-los corretamente: 
 

O que é o lixo eletrônico?
 

É considerado lixo eletrônico todos os tipos de produtos que possuem circuitos ou componentes elétricos, que necessitam de algum tipo de carga para funcionar e que o usuário não utilize mais. 

Ou seja, aparelhos que precisam bateria ou pilha para funcionar, que estejam estragados ou obsoletos.
 


 

Como descartar corretamente o lixo eletrônico?

 

O lixo eletrônico possui um alto potencial tóxico, não podendo se descartado de qualquer maneira. 
 

Existe uma Política Nacional de Resíduos Sólidos que é muito específica em relação ao recolhimento e destinação do lixo eletrônico. A Lei 13.576 determina que os setores adotem uma espécie de logística para o recolhimento. 
 

Como o lixo não pode ser descartado como os outros, foram criados postos de coletas em locais específicos para que o portador do resíduo eletrônico tenha onde descartar. 
 

Esses postos fixos, no entanto, podem ser considerados um problema para as pessoas que possuem a rotina muito atribulada e não dispõem de tempo para ir aos locais. Muitos materiais continuam a ser descartados de forma inadequada ou são acumulados em casa. 
 

Para essas pessoas que não possuem tempo e para as demais que buscam mais conforto para o descarte, existem no mercado empresas que realizam a coleta de forma gratuita
 

É necessário enviar somente uma solicitação de coleta para que a empresa responsável  retire o lixo eletrônico em sua casa para dar os devidos fins aos materiais, de forma segura e eficiente
 

Um exemplo de empresa que realiza esse trabalho é a MG Recicla. Para que um representante vá a sua casa, o processo realizado é simples e rápido. 
 

Você só precisa acessar o site e clicar no botão Solicite Coleta Grátis” 

 

Para responder as suas dúvidas mais facilmente, a empresa ainda possui o botão do Whatsapp que permite um contato mais direto. 
 

Entrar em contato com uma empresa especializada no ramo garante que os materiais serão destinados aos locais corretos, não contaminando o ambiente ou trazendo riscos à saúde. 
 

Sabe a razão do descarte do lixo eletrônico ser tão criterioso? 
 

Porque ao embrulhar em sacolas, papéis e jornais você não estará impedindo o grau de contaminação causado pelos seus componentes. 
 

Para ficar mais claro entenda as diferenças entre os tipos de descarte do lixo. 
 

Particularidades no descarte do lixo
 

Considerando os materiais e componentes químicos necessários para a criação desses produtos eletroeletrônicos é necessária a realização do descarte de forma diferenciada em relação aos demais tipos de lixo. 
 

É comum que materiais orgânicos tenham como destino lixões e aterros sanitários, onde são misturados com terra para a sua decomposição. O gás gerado no descarte desse lixo (metano) é queimado ou transformado em energia.


No caso dos recicláveis, os materiais são vendidos, entregues a empresas ou cooperativas que os reciclam, voltando a cadeia produtiva. Podem ser utilizados para a criação de diversos tipo de arte ou se tornam matéria-prima para novos produtos.
 

Já o lixo eletrônico é considerado especial e precisa de um descarte qualificado. Colocar esse tipo de lixo junto aos demais pode causar danos ambientais e a saúde. 
 

Danos causados pelo lixo eletrônico
 

Por possuir componentes químicos como o Cádmio, Chumbo, Mercúrio, Níquel, Lítio e várias outras substâncias tóxicas e cancerígenas, o lixo eletrônico não pode ficar exposto ao ar livre, ser queimado ou enterrado. 
 

O contato dessas substâncias com o solo, pode deixá-lo infértil. No caso de contaminação da água, a contaminação a deixa imprópria para o consumo, podendo impedir a distribuição e o abastecimento de água em uma região.
 

Evite a contaminação do solo, da água e o contato desses componentes químicos com os seres humanos. Descarte o seu lixo eletrônico da forma correta. Entre em contato e realize um descarte consciente. 

Comente essa publicação